dia de mães

Sim, por certo. Todas as mulheres que se fazem e são feitas mães estão aqui, em mim.

Mas é às mães que perderam suas filhas, seus filhos, para o vírus e a estupidez desgovernante que quero render homenagem.

É também às filhas e aos filhos daquelas a quem mal puderam enterrar, meu profundo respeito e pesar.

Minha homenagem a elas e eles, doída e sincera.

Porque sobreviveram e ora precisam viver com essa ausência.

Sabíamos que ela vem, que ela viria, um dia. Só não sabíamos, desconfio que jamais saberemos, o que fazer com tanto luto junto.

Com tanto luto, só juntos. Que ainda sabemos ser juntos.

Que ainda saibamos o amor.

Sobre lifega

Ande um pouco comigo, antes de me perguntar quem sou.
Esse post foi publicado em amor, Mãe, Miscelânea, Mulheres e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s