Arquivo do mês: janeiro 2012

Óbvia declaração de amor

Minha Paulicéia desvairada, de vento em popa; cabelo nas ventas, moços e velhas loucas, todas as canções que inventas. Minha São Paulo linda, feitiço no avesso, paulistas avenidas; o anonimato é o preço que pago, fazendo gosto. Cidade onde nasci e vivo, … Continuar lendo

Publicado em Sampa, São Paulo | 1 Comentário

“Cracolândia”. Qual?

Desde o momento em que tive acesso à primeira notícia sobre a ação policial que vem ocorrendo naquela região de São Paulo conhecida por um nome que parece querer resumi-la a isso – “Cracolândia” – venho tentando conciliar impulsos pessoais … Continuar lendo

Publicado em Brasileiros, Direitos Humanos, Política, Políticas Públicas, Saúde Mental, Violência | Marcado com , , , | 1 Comentário
Publicado em Miscelânea | Deixe um comentário

Eu tenho um cão.

Nunca tive, antes. Eu o acho muito mais marley que o Marley do americano, lá. O rabo dele não derruba tudo o que tem na mesinha de centro. Não tem mesinha de centro. Nem de canto. Ah, mas a mesona, a … Continuar lendo

Publicado em Animais de estimação, Cães, Miscelânea | Marcado com , | Deixe um comentário

Os tempos são outros

Ninguém parece escapar da sina de, um dia, falar “no meu tempo, isso era diferente”. Lia, há pouco, comentários de amigos saudosos dos tempos que vivemos, em meio a tanta música brasileira boa, boa mesmo. Em que não só ouvíamos … Continuar lendo

Publicado em Miscelânea | Marcado com , , | Deixe um comentário

Resolução de Ano Novo

Claro! E por que não? Primeira: mexer mais o corpítcho. Bem e mal intencionadamente. Segunda: escrever mais bobagens e dar menos importância para o que os outros, que não acham nada, vão achar. Terceira: gastar o suado salário com coisas … Continuar lendo

Publicado em Miscelânea | Marcado com , , | 2 Comentários