Um ato falho memorável

Na sua coluna da Folha.com, publicada pelo UOL às 21h17 do dia 26.10.10, intitulada “Contagem Regressiva”, a Sra. Eliane Cantanhêde parece dar-se, por fim, convicta de que não há reversão possível para o resultado das urnas no próximo domingo.

A despeito das diversas reações que seus comentários venham a despertar e costumam fazê-lo – qualquer um que dê “uma volta” pela blogosfera depara, hora ou outra, com manifestações acerca de seu pró-serrismo aferrado (ou seria antilulismo ferrenho?) – o que me chamou a atenção ao ponto de desejar postar aqui, foi ler um dos parágrafos, onde ela troca o que suponho ser a brava luta de Serra por um lucro e tanto do mesmo candidato.

Se esta que vos escreve não tiver, ela, ficado gagá, lá está, para todo o mundo ler, um “Serra lucrou bravamente”, onde deveria constar (pelo contexto geral do enunciado), “Serra lutou bravamente”. Até porque, até onde nos diz respeito, lucrar bravamente não combina. Ou combina?

Aqui, o link para a matéria.

NOTA: a Folha, assim que se deu pelo “deslize”, tratou de arrumar a edição, como registramos aqui.

Anúncios

Sobre lifega

Ande um pouco comigo, antes de me perguntar quem sou.
Esse post foi publicado em Análise de discurso, Política e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s