Inveja e gratidão: Lula e o Bicudo neotucano

Um texto que postei como comentário no Brasilianas.org:

Lula, pelo carisma que possui e pela história que vem escrevendo, está se tornando uma espécie de mito. E me parece que a “oposição”, que mais diz se incomodar com isso, é quem mais contribui para essa mitificação de Lula.

Não faltam ingredientes em sua história pessoal para sustentar essa visão mítica do herói que, após enfrentar as mais diversas dificuldades e provar das piores agruras, chega, finalmente, à conquista de seu objetivo, que envolve, sempre, a  libertação de seu povo, sua gente, vítima de algum jugo, de alguma ameaça.

Se recuperamos um pouco da biografia de Luiz Inácio Lula da Silva, vemos que ele traz as marcas de vivências muito dolorosas, de privação material e perdas emocionais bastante intensas. Mas, depois de ter se candidatado e perdido três vezes, até se tornar presidente, ter alcançado o nível de popularidade que alcançou, ter conquistado a credibilidade e a admiração que conquistou, aqui e no exterior, ter conseguido mobilizar o país todo em torno da candidata que apoiou… tudo isso faz dele uma figura que incomoda, senão deixa perplexa, aquela parcela de pessoas que foi educada, desde sempre, para ser “alguém na vida” e que não conseguiu alcançar popularidade alguma – ou que acabou com a pouca que poderia ter mantido.

Respeito Hélio Bicudo, mas concordo com a Guilhermina, que disse que “Os “ex petistas” viram, na sua maioria, pessoas amargas, cheias de ódio a destilar. Um ódio capaz de transformá-los (seria revelar?) em terroristas baratos, à beira do ridículo”.

E acho que o ódio só pode ser alimentado por juízos de valor que emergem da percepção alterada ou distorcida do objeto de nosso interesse e por sentimentos corrosivos como a inveja: é preciso destruir o que eu quero pra mim, mas não posso obter. E como já dizia M. Klein, a psicanalista discípula de Freud, a inveja é sempre fruto da admiração.

Duro mesmo é constatar que, quando não se consegue admirar (ou admitir isso), só resta invejar…

Aqui, o link do post comentado.

Anúncios

Sobre lifega

Ande um pouco comigo, antes de me perguntar quem sou.
Esse post foi publicado em Miscelânea e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s