Arquivo do mês: julho 2010

18 de julho

    dêiticos   quem mandou ouvir canções de amor. agora a solidão arde. e hoje, por enquanto, ainda é cedo. faz de conta, então, um gosto azedo. faz da paixão essa quimera. onde nenhum belerofonte absolutamente a espera.   … Continuar lendo

Publicado em Versos | Deixe um comentário